segunda-feira, 20 de outubro de 2008

O TAMANHO DO MUNDO


O Pedro tem quatro anos e subiu um conjunto de rochas junto ao mar como se estas fossem a mais alta das montanhas.

Para ele foi a conquista do seu dia.

-Porque é que o mundo vai encolhendo á medida que crescemos?

Talvez, por já não nos deslumbrarmos com as pequenas conquistas do nosso dia.

sábado, 18 de outubro de 2008

SOFRER PARA BONITA SER

Que tortura !!!
Quem teve a ideia luminosa de arranjar as sobrancelhas deveria ser saneado!
Estou convencida que só pode ter sido um homem a ter semelhante ideia,
Pêlo por pêlo retirados com uma pinça, isto só de sádicos!
O pior é que nós mulheres devemos ser todas um bocadinho masoquistas, pois não nos ficamos só pelas sobrancelhas ,outras partes do corpo são sujeitas a torturas semelhantes.
Pois minhas amigas, eu acho que me vou ficar pela beleza interior, custa menos a cultivar.

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

A FORÇA DAS PALAVRAS

Ainda o sol não tinha nascido quando comecei a caminhar, não contei passos,não contei kilometros, a distância era no fim de tudo o menos importante. Mas ao fim de algumas horas as pernas antes ligeiras, pesavam agora a cada passada.


E no meio do caminho escrito com pedrinhas - FORÇA- uma palavra tão simples, mas que me encheu de energia. Não sei quem a escreveu, se homem ou mulher, novo ou velho, fazia o mesmo caminho que eu, e por talvez conhecer o mesmo cansaço físico deixou-me esta palavra de incentivo. Aquela palavra toscamente escrita uniu-nos.

Nunca devemos menosprezar

A força de um SIM,

A força de um ADORO-TE

A força de um AMIGO

A força de um ESTOU CONTIGO

palavras que no momento certo fazem a diferença

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

OS DESAFINADOS

Fico triste quando dizem que desafino,
pois os desafinados...
video

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

O BEIJO-TIA

Detesto aquelas situações em que nos cumprimentam só com um beijo, já para não falar do embaraço de darmos a outra face quando a pessoa em questão já se afastou de nós, é o chamado beijo-á-tia.
Prefiro mil vezes os beijos repenicados da minha tia , que por me ver poucas vezes tenta compensar com beijinhos em série.
Estamos em fase de contenção, mas meus amigos nada de economizar beijos!
Por isso, faço um apelo a favor dos duplos beijos, que não descriminem nenhuma bochecha, sou inclusive a favor do beijo na testa, no cangote, enfim em todo e qualquer sítio do corpo, desde que seja dado com amizade, amor e não por convenção.